Ao longo de 2019, Cuba participou em cerca de 250 ações, projetos e programas de cooperação. Oito em cada dez iniciativas tiveram lugar na modalidade de CSS Bilateral. Os restantes 18%, distribuíram-se em proporções semelhantes, entre as executadas na modalidade Regional (10%) e na Triangular (8%).

Embora Cuba tivesse combinado o exercício de vários papéis, o de ofertante foi claramente preponderante na modalidade bilateral, chegando a justificar cerca de 86% do total intercambiado. Através desta cooperação, Cuba contribuiu para reforçar capacidades de dimensão maioritariamente social, nas áreas da Saúde, Educação, Outros serviços e políticas sociais e outras. Por outro lado, como recetor foi-lhe possível enriquecer a sua experiência em questões de natureza mais económica, tais como na dos setores Agropecuário, Extração e Indústria; para além de a ter reforçado em Gestão de catástrofes.

Para a execução destas 243 iniciativas, Cuba criou parcerias com vários países, de entre os quais se destacam o México, Colômbia e Argentina. Através destes intercâmbios, Cuba contribuiu para o cumprimento do ODS 3 (Saúde e bem-estar), ODS 4 (Educação de qualidade) e ODS 11 (Cidades e comunidades sustentáveis).

  1. Descarregar